Idiomas

quarta-feira, julho 27

Quando digo Eu sou cristão...

Quando digo Eu sou cristão 
Eu não falo isto com orgulho.
Eu estou confessando que errei e preciso que
Alguém seja meu guia, e este alguém é Jesus.

Quando digo Eu sou cristão
Eu não estou tentando ser forte.
Eu estou confessando que sou fraco e estou
Orando para ter forças para continuar a caminhar!

Quando digo Eu sou cristão 
Eu não estou falando de sucesso.
Eu estou admitindo que eu errei
E nunca poderei pagar o débito.

Quando digo Eu sou cristão
Eu não estou reivindicando ser perfeito,
Minhas falhas estão muito visíveis,
Mas Deus acredita que eu tenho valor.

Quando digo Eu sou cristão 
Eu ainda continuo sentindo o sofrimento e a dor,
Eu tenho minha porção de inquietações pelas quais eu
Clamo pelo Nome de Jesus.

Quando digo que Eu sou cristão 
Eu não desejo julgar, e não tenho autoridade para isto.
Eu apenas sei que sou amado por Deus. 

autor desconhecido

sábado, julho 2

A Depressão!



Quando se olha o mundo de fora é muito fácil dizer o que se deve fazer, como e até quando. Achamos soluções para todo mundo, desde que não estejamos envolvidos. É fácil falar da dor que não sentimos, do amor que não perdemos, dos problemas que não temos e da vida que não vivemos. Somos assim muito sábios quando o espinho não está em nós!...

Os altos e baixos são comuns a todo mundo. Ninguém vive em linha reta. E há pessoas que suportam mais facilmente as subidas e descidas da vida que outras, como umas pegam certas doenças e outras não. Há coisas que não se controla, pois se tivéssemos escolha, optaríamos sempre por uma vida sã.

A depressão é uma doença como outra, não um capricho de quem deseja mais do que a vida pode oferecer. Só quem passou ou passa por isso sabe entender o que é. E como toda doença, deve ser reconhecida, entendida e tratada como tal. Infelizmente todo mundo não está preparado para ajudar em casos assim e tentam resolver os problemas mostrando que há pessoas mais infelizes. Contudo, não é possível minimizar a dor de ninguém, fazendo-o comparar sua infelicidade com as misérias do mundo. Ninguém pode se sentir melhor porque do lado de fora há mais sofrimento. Se fosse assim, seria fácil ir dormir feliz a cada dia, bastando assistir ou ler jornais.

É claro que muitas vezes vemos uma coisa triste e pensamos no quanto somos abençoados por não vivermos aquilo. Isso é normal para todo mundo, nos faz refletir sobre a realidade da vida. Mas se passamos nossa vida com comparações não vamos a lugar nenhum, pois sempre haverá parâmetros diferentes e acabaremos nos sentindo perdidos.

Precisamos respeitar a dor e sentimento do outro, como respeitamos os limites do seu jardim. Cada vida é única, é própria. Podemos ajudar uma pessoa depressiva mostrando-lhe o lado belo da vida, dando-lhe razões para olhar além do horizonte, criar objetivos e acreditar neles. Podemos tirá-la do isolamento em que se encontra dando-lhe palavras de reconforto e amizade, fazendo-a sentir-se amada e útil. Dizer a um depressivo que seus problemas são mínimos porque há coisas piores na vida não o fará sentir-se melhor.

Quando Jesus se referiu à pessoas com problemas e ansiedades, mandou que olhassem os lírios dos campos e as aves no céu e se repousassem,  apontou para coisas bonitas e alegres, nunca disse para olharem os necessitados. E Ele teve, também, Seu momento de dor, tristeza e lágrima, como todo ser humano.

As soluções para os problemas começam com o reconhecimento deles. Ter amigos que possam compreender já é um passo na direção da cura. A compreensão da dor do outro leva-lhe segurança. E, segura, uma pessoa poderá se levantar e recomeçar seu caminho, com toda ajuda que ela deve ter.

Depressão?
Uma doença sim. E médicos são úteis. Amigos são preciosos.
 Orações são imprescindíveis.


                  (Texto de Letícia Thompson – Compartilhado no Grupo Fé Para o Brasil)

sábado, junho 25

Carinhos!



Hoje me disseram que meus versos são como carinhos,
Mas carinhos são caminhos que usamos para se atingir a alma,
Que começa com toda a calma,
E vai subindo à medida que os caminhos vão ficando sinuosos,
Tortuosos…
Um carinho é um afago no coração,
Um momento de descontração,
Uma viagem…
Um carinho é um caminho de ida,
Mas que sempre se quer ter volta.
Um carinho é sempre inocente,
Sempre procedente,
Sempre bem vindo.
O carinho é o inicio de uma aventura de amor.
Carinho são palavras,
São gestos,
São momentos de silêncio, se assim pede o momento.
Mas carinho não se pede, deve ser espontâneo,
Tem que ser verdadeiro,
Às vezes aventureiro.
Carinho é desejo, de estar perto,
De não estar nem aí para o que é certo,
O importante é fazer seu amor feliz.
Carinho é ouvir,
Carinho é sentir,
Carinho é viver uma vida toda com você,
E acordar feliz todas as manhãs!
Você é a minha prova mais viva de carinho…


(Poema do amigo Théo Iemma – para mais visite: http://theoiemma.com)

sábado, junho 18

Mulheres...



Tenho apenas um exemplar em casa, que mantenho com muito zelo e dedicação, mas na verdade acredito que é ela quem me mantém. Mulher vive de carinho. Dê-lhe em abundância. É coisa de homem sim, e se ela não receber de você vai pegar de outro.

Beijos matinais e um 'eu te amo’ no café da manhã as mantém viçosas e perfumadas durante todo o dia. Flores também fazem parte de seu cardápio – mulher que não recebe flores murcha rapidamente e adquire traços masculinos como rispidez e brutalidade.

Respeite a natureza. Você não suporta TPM? Case-se com um homem. Mulheres menstruam, choram por nada, gostam de falar do próprio dia. Não faça sombra sobre ela. Se você quiser ser um grande homem tenha uma mulher ao seu lado, nunca atrás. Assim, quando ela brilhar, você vai pegar um bronzeado. Porém, se ela estiver atrás, você vai levar um pé-na-bunda.

Aceite: mulheres também têm luz própria e não dependem de nós para brilhar. O homem sábio alimenta os potenciais da parceira e os utiliza para motivar os próprios. Ele sabe que, preservando e cultivando a mulher, ele estará salvando a si mesmo.

É, meu amigo, se você acha que mulher é caro demais, vire gay. Só tem mulher quem pode!

Texto de Luiz Fernando Veríssimo.
 

(Um ótimo final de semana)

quinta-feira, abril 28

O Poder das Palavras!

Certa vez, um homem tanto falou que seu vizinho era ladrão, que o vizinho acabou sendo preso. Algum tempo depois,  descobriram que o rapaz era inocente, ele foi solto, e, após muita humilhação resolveu processar seu vizinho (o caluniador).

No tribunal, o caluniador disse ao juiz:

- Comentários não causam tanto mal... e o juiz respondeu: - Escreva os comentários que você fez sobre ele num papel, depois pique o papel e jogue os pedaços pelo caminho de casa e amanhã volte para ouvir a sentença!

O homem obedeceu e voltou no dia seguinte, quando o juiz disse: - Antes da sentença, terá que catar os pedaços de papel que espalhou ontem! - Não posso fazer isso, meritíssimo! - respondeu o homem - o vento deve tê-los espalhados por tudo quanto é lugar e já não sei onde estão!

Ao que o juiz respondeu: - Da mesma maneira, um simples comentário que pode destruir a honra de um homem, espalha-se a ponto de não podermos consertar o mal causado; se não se pode falar bem de uma pessoa, é melhor que não se diga nada!

Sejamos senhores de nossa língua, para não sermos escravos de nossas palavras.
Fica como dica: Tiago 3.5-9


No mundo sempre existirão pessoas que vão te amar pelo que você é, e outras que vão te odiar pelo mesmo motivo. Acostume-se...
E aproveite sua estada na terra, ela é curta.



(Autoria desconhecida – Adaptação Adriana Araújo)

quarta-feira, abril 27

Ele Nunca Erra!!!



Um rei que não acreditava na bondade de DEUS, tinha um servo que em todas as situações lhe dizia: Meu rei, não desanime porque tudo que Deus faz é perfeito. Ele não erra!
  
Um dia eles saíram para caçar e uma fera atacou o rei. O seu servo conseguiu matar o animal, mas não pôde evitar que sua majestade perdesse um dedo da mão. Furioso e sem mostrar gratidão por ter sido salvo, o nobre disse: Deus é bom? Se Ele fosse bom, eu não teria sido atacado e perdido o meu dedo.

O servo apenas respondeu: Meu Rei, apesar de todas essas coisas, só posso dizer-lhe que Deus é bom.  Ele sabe o porquê de todas as coisas. O que Deus faz é perfeito. Ele nunca erra!

Indignado com a resposta, o rei mandou prender o seu servo.

Tempos depois, saiu para outra caçada e foi capturado por selvagens que faziam sacrifícios humanos. Já no altar, prontos para sacrificar o nobre, os selvagens perceberam que a vítima não tinha um dos dedos e soltaram-no. Ele não era perfeito para ser oferecido aos deuses.

Ao voltar para o palácio, mandou soltar o seu servo e recebeu-o muito afetuosamente. Meu caro, Deus foi realmente bom comigo! Escapei de ser sacrificado pelos selvagens, justamente por não ter um dedo! Mas tenho uma dúvida: Se Deus é tão bom, por que permitiu que você, que tanto o defende, fosse preso?

-Meu rei, se eu tivesse ido com o senhor nessa caçada, teria sido sacrificado em seu lugar, pois não me falta dedo algum. Por isso, lembre-se: Tudo o que Deus faz é perfeito. Ele nunca erra!

Muitas vezes nos queixamos da vida e das coisas aparentemente ruins que nos acontecem, esquecendo-nos que nada é por acaso e que tudo tem um propósito. Toda a manhã ofereça seu dia a Deus. Peça para Deus inspirar os seus pensamentos, guiar os seus atos, apaziguar os seus sentimentos. E nada tema, pois DEUS NUNCA ERRA!


O caminho de Deus é perfeito, e a palavra do SENHOR refinada; e é o escudo de todos os que nele confiam. II Samuel 22.31



 (Autoria desconhecida - Adaptação Adriana Araújo)